Sorte a minha

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
A Felicidade em tempo de pandemia. Um texto espontâneo escrito pela aluna Matilde Cardoso, do 9º B.

Sorte a minha

A felicidade é uma coisa muito estranha. Vem nos momentos menos esperados,  e é muito picuinhas. Decide chegar só a algumas pessoas, e essas são sortudas.

Eu sou uma pessoa muito feliz. É uma frase que eu estou sempre a dizer aos meus pais, para eles nunca se esquecerem que foram eles que me ensinaram a ser assim. Porque a felicidade pode não nascer dentro de nós, e nós podemos aprender a recebê-la.

Se há coisa que eu aprendi ao longo dos anos, é que ser uma pessoa positiva tem milhares de benefícios. Vê-se tudo de maneira diferente. Tudo fica mais bonito, mais colorido, maior. A vida torna-se melhor, só por causa da maneira como pensamos.

Eu acho que se aprende a aproveitar as coisas mais pequenas que a vida nos oferece, como um pôr do Sol, ou cantar uma música com os nossos amigos. E há momentos, em que parece que existe um pico de felicidade, e que se viaja para outro sítio. Eu gosto de pensar nele como um local de gratidão, e de segurança. Como a cama macia de um hotel. Um sítio único e inexplicável. Onde se atinge um nível de conforto e de calma, e onde se apetece começar a chorar, por termos coisas tão boas na vida.

Depois há várias formas de felicidade. A de ganhar alguma coisa, a de não falhar uma receita na cozinha, a de dar um abraço. Toda a gente experiencia esta emoção de maneiras diferentes. E principalmente em diferentes momentos. A felicidade de ouvir música através de um gira discos está para mim como a de ver um jogo de futebol está para os meus amigos. Realmente, a felicidade é extremamente rara. É uma personalidade. Tem certos amigos, e certas coisas que gosta de fazer mais. Tem os seus inimigos, como as lágrimas, mas também consegue lutar contra estes. É uma emoção com cabeça de humano. Pensa, escolhe, esconde-se, vive, e ama.

Eu hoje considero-me uma pessoa com muita sorte, por esta pessoa com o nome de Felicidade querer ser minha amiga, e estar presente no meu dia-a-dia. Obrigada.

by Matilde

Em destaque

Assembleia de 3.º Ciclo

O 3.º ciclo realizou a sua Assembleia de Ciclo, com a temática ecologia integral –TUDO NOS FOI DADO | E AGORA?
A base deste trabalho incidiu na encíclica Laudato Si, do Papa Francisco.
Pode ser que muitos de nós pensem que este tema não nos diz respeito, mesmo que tantas vezes nos falem sobre o assunto. Parece-nos que isto se deve ao facto de não vermos a ecologia como parte de um todo, como parte do nosso crescimento integral, por isso o Papa Francisco tem proposto a reflexão sobre a ecologia integral.

Ler noticia

Mais recentes